Veja os 10 casos mais misteriosos e verdadeiramente assustadores que ocorreram no Brasil

Se você acreditava que os fenômenos mais bizarros, misteriosos e sem explicações plausíveis aconteciam somente na América do Norte e na Europa, aí vem o grande engano: o Brasil, em seus diversos Estados, é o palco perfeito para eventos totalmente inusitados, que certamente irão te deixar arrepiado(a).

Veja a seguir, como também procure ler alguma outra matéria para conseguir dormir essa noite:

10 – O corpo seco
 

Um corpo muito estranho, classificado como “um corpo ressecado, feio e cheio de perebas” foi avistado por várias pessoas em Mogi Guaçu.


Segundo as testemunhas, a entidade apareceu no muro do Cemitério da Bíblia e parecia “pedir por socorro”. O estranho é que várias cidades vizinhas confirmaram a aparição da mesma entidade, com as mesmas características, saindo até mesmo o caso nos jornais.

9 – Os vultos no Paraná

Vultos de caboclos foram vistos por várias pessoas, andando pelas rodovias e, quando olhavam ao retrovisor os motoristas alegavam que eles não estavam mais lá.
Próximo da rodovia 323 há o Cemitério dos Caboclos de Paiçandu, que foi criado para homenagear os caboclos que foram enterrados ali entre os anos 1930 e 50.
O que chama a atenção é o fato de muitos acidentes acontecerem no local.

8 – A morte de Fernanda Vogel

Este assunto ainda está envolto em mistérios: a namorada de João Paulo Diniz, herdeiro do grupo Pão de Açúcar, e o próprio saíram em 27 de Julho de 2001 para comemorarem 2 meses de namoro, porém o helicóptero que levava o casal até Maresias caiu.
Fernanda morreu neste acidente e houve uma série de boatos falando que Fernanda previu sua própria morte, começando pelo último comercial gravado por ela, que mostrava ela entrando no mar e desaparecendo. Veja a seguir:



7 – A cidade fantasma de Fordlândia, no Pará


Fordlândia, a cidade ideal de Henry Ford, fica às margens do Rio Tapajós e era destinada à produção de borracha.
Porém, durante a Segunda Guerra Mundial e dado o fim do ciclo da borracha no Brasil, a cidade ficou totalmente abandonada, virando uma cidade fantasma.
Existe uma série de documentários sobre os avistamentos misteriosos do local.
6 – O incêndio do edifício Joelma


O professor paulista de Química Paulo Camargo matou a mãe e as duas irmãs em 1948. Ele as enterrou em um poço no fundo da casa onde morava e depois cometeu suicídio.


Anos mais tarde a casa foi demolida e lá ergueu-se o edifício Joelma, de 25 andares. Em 1974 o local misteriosamente pegou fogo, causando a morte de quase 200 pessoas queimadas ou asfixiadas.
13 pessoas que tentaram escapar morreram carbonizadas no elevador, após ficarem presas. Depois disso, as vítimas foram enterradas no cemitério São Pedro, localizado na Vila Alpina, São Paulo, onde ainda se ouve gritos e choros fantasmas.


 Sabendo que as vítimas haviam morrido queimadas, algumas pessoas resolveram jogar água nos túmulos e os gritos paravam.

5 – Os ataques do chupa-cabra

Várias mortes de animais, das quais se destacam as cabras, começaram a assolar a América e o Brasil. Conhecido como o “chupa-cabra”, ele drenava todo o sangue dos animais, aparecendo em diversos filmes e descrito das mais diversas formas.

4 – O ET de Varginha, em Minas Gerais
Certamente você já ouviu falar deste caso de 1996, em que as amigas Liliane Silva, Valquíria Silva e Kátia Xavier, moradoras da cidade de Varginha em Minas Gerais, viram em um terreno baldio o que parecia ser uma criatura com aspecto humanoide.


Segundo as garotas, o “ser” tinha pele marrom viscosa, olhos enormes e vermelhos e três protuberâncias na parte superior da cabeça.


Diz-se que um policial que conseguiu capturar a criatura morreu de infecção generalizada. Mesmo as autoridades afirmando que a criatura se tratava de um morador local com problemas psicológicos há quem diga que o “ET” está escondido em um prédio da Unicamp.

3 – A casa mal assombrada no Piauí


Uma casa muito simples, da rua Tiradentes, em Buriti dos Lopes, tem uma história aterrorizante: diz-se que no local vive uma senhora idosa que já perdeu quase todos os seus bens, pois eles voam sozinhos pela casa e se quebram.

O mais estranho de tudo é que alguns moradores da rua afirmam já terem visto copos voando e se quebrando até na calçada.

2 – O crime do castelinho da Rua Apa

São Paulo, 1937: os irmãos Armando e Álvaro dos Reis, ambos advogados, discutiram feio na casa da família – um castelinho situado na esquina da rua Apa com a avenida São João – precisamente no centro de São Paulo.

A mãe tentou separar a briga, porém o resultado foi terrível: os três morreram, pois armas estavam em jogo. O estranho é que a morte deles põe em suspeita a existência de uma quarta pessoa que, todavia não foi nem cogitada a hipótese sobre quem poderia ser.
Até hoje os moradores das proximidades dizem que ouvem sons de passos e torneiras abertas, sempre pela manhã.


1 – O caso das pedras misteriosas e da possessão, Rio Grande do Sul

Uma família moradora da zona rural, ao norte do Rio Grande do Sul, começou vivenciar fenômenos bizarros: pedras eram lançadas do nada, caindo dentro da casa, porém sem quebrar nenhuma telha ou janela. A família chamou a polícia e várias inspeções foram feitas, porém nenhuma resposta foi encontrada.

Religiosos foram ao local e realizaram “sessões espirituais”, onde se destaca a possessão de uma das filhas da família.
Tudo foi gravado e pode ser conferido no Youtube.


FONTE




Share on Google Plus

About Juarez Silva

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquisar