Tribo Amazônica Cria uma Enciclopédia de Medicina Tradicional e a Oculta das Farmacêuticas

Os Matsés, uma tribo que habita a selva amazônica entre o Peru e o Brasil, um dos locais mais ricos do planeta por sua biodiversidade, desenvolveu uma enciclopédia tradicional de medicina de 500 páginas, recompilada por 5 xamãs com ajuda do grupo de conservação Acaté, com o objetivo de conservar os conhecimentos ancestrais.

Este importante trabalho detalha cada planta utilizada pela medicina Matsé para curar uma grande variedade de doenças e está disponível somente na língua nativa dos Matsés para evitar que seus conhecimentos sejam roubados pelas farmacêuticas.


Outras medidas de proteção incluem não usar nomes científicos para identificar as espécies de plantas locais e não descrever nunca uma planta detalhadamente para que, deste modo, os forasteiros não possam identificá-las.

Nesta enciclopédia, cada tópico está classificado pelo nome de uma doença e inclui explicações sobre como reconhecer a doença segundo os sintomas, entender suas origens e saber como preparar medicamentos com plantas específicas para utilizá-las como tratamento.



O objetivo é ter uma guia para a formação dos jovens e que os conhecimentos sobre sua medicina tradicional não se percam ao longo do tempo. A maioria dos xamãs são anciãos e não tem aprendizes. De modo que quando morrem, seus amplos conhecimentos de medicina também desaparecem com eles.

Na selva amazônica há milhões de plantas que poderiam ser ingredientes fundamentais em medicamentos que todavia não foram descobertos. Por isso, muitas companhias farmacêuticas financiam projetos para estudar as plantas indígenas com as que exercem a medicina os xamãs e desenvolvem, assim, novos medicamentos.


Receba as as notícias mais interessantes e curiosas da internet em seu e-mail, totalmente sem Spam, em primeira mão!





Share on Google Plus

About Juarez Silva

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquisar